É preciso que se registre aqui que há um diferencial muito grande na qualidade entre estas duas redes de ensino. Assim, pode-se refletir que a educação pública no Brasil precisa de uma auto-avaliação, ou seja, "A educação terá de adaptar-se às mudanças econômicas e sociais pelas quais passa o Brasil" (NOVA ESCOLA, Edição Especial p. 4), a fim de conter o avanço da miséria social no país.

De qualquer forma, o cursinho é um investimento que pode estimular e favorecer mudanças na vida do jovem através de professores capacitados e desejosos de mudanças. Como afirma um grande pensador: "Lutero argumentou que o dinheiro investido em educação seria muito menor do que o gasto com armas e traria benefícios mais profundos" (LUTERO apud. N. ESCOLA. Ed. Novembro de 2005, p. 32). Desta maneira, nestes espaços o professor será um mediador do conhecimento, aquele que estimulará no jovem o saber (re)conhecer, o saber (re)fazer a sua trajetória de vida - o que afasta definitivamente a idéia de imobilidade social tão ao gosto do poder dominante / opressor - o saber conviver e o saber ser. Estes são princípios básicos para quem almeja a uma sociedade sem violência, pois é inserindo o homem no meio, com igualdade e justiça, que este se torna verdadeiramente homem.

Entretanto, e por causa da omissão do Estado, o que ocorre, quase sempre, é o contrário. A educação brasileira tem excelentes projetos, mas, na maioria das vezes, só servem para manipular a opinião pública interna e externa. Por isso, a qualidade da educação está muito aquém da desejável: faltam professores capacitados / engajados no processo de mudança e, também, faltam recursos materiais atrativos etc. Por outro lado, aumenta o número de alunos matriculados, ano a ano, resultando em sala de aulas superlotadas com os corpos docente e discente desmotivados.

Em suma, como o mundo está sempre em transformação e a educação faz parte deste processo evolutivo, é preciso, em contrapartida, que haja por parte do Estado, um maior compromisso com o projeto político-social e educacional que transcenda governos.

Av. Santo Antônio, 806 - Ponto Central - Feira de Santana/BA
contato@verboestudantil.com.br | (75) 3612-6500